Direção Jurídica da Luz Saúde considerada uma das mais influentes da Península Ibérica

Direção Jurídica da Luz Saúde considerada uma das mais influentes da Península Ibérica

A Direção Jurídica da Luz Saúde, liderada por João Rebelo, foi distinguida como uma das equipas de serviços jurídicos internos mais influentes e inovadores da Península Ibérica, integrando o ranking de 2017 da Legal 500 dos melhores profissionais da advocacia.

O “The Legal 500” é um dos diretórios de advogados e sociedades de advocacia mais conceituados do mundo, dedicando-se em exclusivo, desde há cerca de 30 anos, a avaliar o desempenho e a produzir relatórios para os seus cerca de 300 mil clientes, a par da organização de conferências e encontros. Essas avaliações dão origem a rankings que abrangem mais de 100 jurisdições e que constituem uma referência para o setor.

A equipa da Luz Saúde foi selecionada para integrar a GC Powerlist Iberia, que identifica os melhores profissionais da advocacia dentro de empresas de Portugal e Espanha, em termos de influência e capacidade de inovação. “Esta distinção significa o reconhecimento de um verdadeiro trabalho em equipa. Constar neste ranking é, sem dúvida, um grande motivo de orgulho mas, sobretudo, evidencia que criação de valor para as empresas é tanto maior quanto for a procura de soluções inovadoras, que envolvam uma relação estreita de trabalho entre advogados in-house e advogados externos”, salienta João Rebelo, acrescentando que, para o futuro, a sua equipa promete “continuar a inovar e estar à altura dos múltiplos desafios que a área da saúde enfrenta constantemente, tendo sempre como prioridade a elevada qualidade na prestação de serviços de saúde”.

Outros dos distinguidos neste ranking 2017 dos melhores na Península Ibérica são os departamentos jurídicos de algumas das maiores empresas nacionais, como a Galp, a CGD, a REN e a TAP.

Na foto, a equipa da Direção Jurídica da Luz Saúde: Ana Ferrão, Ana Curado, Frederico Pestana, Joana Pita, João Rebelo, Sofia Galego, Graça Chambino, Filipa Janeiro e Carolina Silva.